Cinco Pilares do Islã

Chahada
O primeiro pilar do islã é a chahada, ou profissão de fé. Suas palavras proclamam a unidade de Deus e a importância do Profeta: "Só há um Deus e Maomé é o Seu profeta". A chahada é o testemunho da fé islâmica e condição básica para a conversão - ao recitar com sinceridade essas palavras, o fiel prova sua aceitação da fé.
Salat
O salat (prece ritual) é o segundo pilar do islã. Um muçulmano deve orar cinco vezes ao dia voltado para Meca. A oração em comum, Jum'a, tem lugar na mesquita toda sexta-feira à tarde. Os horários do salat são anunciados pelo almuadem na mesquita.
Zakat

O Zakat - dinheiro para os pobres.
Os muçulmanos são obrigados a ajudar os necessitados dando-lhes esmolas. Isso é conhecido como zakat, ou purificação, o terceiro pilar do islã. Ele implica a noção de que Deus pode ser venerado indiretamente ao mostrar gratidão por Seus favores.

Sawn
O jejum, ou sawm, é o quarto pilar do islã. Ele é praticado durante o ramadã, nono mês do ano lunar. Os muçulmanos não devem comer nem beber do amanhecer até o fim da tarde. O jejum é quebrado ao anoitecer, em geral com tâmaras e água, antes de se fazer uma ceia em casa.

Hadj
Os muçulmanos que têm condições para isso devem fazer o hadj, ou peregrinação a Meca, ao menos uma vez na vida. Esse é o quinto pilar do islã. É realizado no décimo segundo mês do ano, conhecido como dhu al-hijja. Os peregrinos vestem roupas brancas sem costura (ihrams), também usadas como mortalhas.
Os peregrinos usam ihrams.