Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info

NÃO HÁ UM DEUS SENÃO DEUS

O Islamismo ou Islã é uma religião de fidelidade a Deus que começou historicamente na Arábia, no século VII, com o Profeta Maomé. "A paz esteja com ele", uma benção repetida a qualquer menção de seu nome, mostra a reverência que se tem pelo Profeta. Contudo, segundo o próprio relato, o islã começou como o modo de vida, ou din (geralmente traduzido como "religião"), que Deus pretendeu para sua criação desde o início. 

Lua crescente - O hilal, ou lua crescente, tornou-se o símbolo adotado pelo islamismo. Possui uma antiga conexão com a realeza, e entre os muçulmanos guarda ressonância com o calendário lunar, que ordena suas vidas religiosas.

Crenças islâmicas

A crença muçulmana se exprime na fórmula chamada chahada, ou profissão de fé: "Só há um Deus e Maomé é o Seu profeta". Os muçulmanos acreditam num juízo final e na vida após a morte no céu ou no inferno. Eles seguem a orientação espiritual do Corão e dos hadiths, palavras e atos de Maomé e seus companheiros.

O mundo islâmico

Revelação no Monte Hira.Assim que a fé foi revelada a Maomé, o islamismo difundiu-se rapidamente pelo Oriente Médio e pelo norte da África. O Oriente Médio ainda é o centro do mundo islâmico e essa fé predomina em todos os países da região, exceto Israel. Todos os muçulmanos se voltam para Meca ao rezar e esperam visitá-la em peregrinação ao menos uma vez na vida. Também há muçulmanos no norte da África e em países do leste da Ásia como a Indonésia. O islã é a religião que se expande mais rapidamente no planeta, devido à atividade missionária e ao crescimento da população nos países muçulmanos. Atualmente há mais de 1 bilhão de fiéis do islã no mundo.

História do islã

Os muçulmanos acreditam que o islã sempre existiu como modo de vida que Deus destinou à humanidade. Ela teria enviado uma série de profetas, tais como Musa (Moisés), para atrair as pessoas à verdadeira fé, culminando com Maomé como mensageiro de Deus. A fé islâmica foi revelada a Maomé no século 7º. À época de Maomé e seus seguidores imediatos, o islamismo se espalhou pelo oeste da Ásia e pelo norte da África. Mais tarde, as viagens dos mercadores árabes, as descobertas dos cientistas muçulmanos e as conquistas de seus soldados difundiram a fé em todo o mundo. Mais detalhes...

Ensinamentos e Escrituras

O CorãoO fundamento da fé islâmica é o Corão, escritura sagrada que para os muçulmanos representa a palavra divina. O Corão trata de Deus e de Sua grandeza, da necessidade de obedecer-Lhe e de Sua ira contra os incréus. Trata também do papel de Maomé como mensageiro de Deus. Contém ainda uma infinidade de preceitos sobre a família e a comunidade. Esse material é complementado pela suna ("caminho", ou costume "costume"), síntese dos atos e palavras de Maomé contidos nos hadiths. Juntos, o Corão e a suna constituem as fontes principais da lei islâmica.

Rituais e Festas

Os rituais constituem a essência da prática  islâmica. Os mais importantes são os Cinco Pilares do islã - ações que todos os muçulmanos devem praticar. Eles incluem orações diárias, um jejum anual e ao menos uma peregrinação na vida à cidade sagrada de Meca. Ritos de passagem, que marcam os diferentes estágios da vida do indivíduo e de sua família, também são importantes. A família é o âmago da comunidade islâmica e cerimônias religiosas muitas vezes envolvem todos os seus membros. Os rituais incluem cerimônias de nascimento e batismo, e a iniciação da criança à educação religiosa. Além disso, várias festas islâmicas são celebradas anualmente em todo o mundo muçulmano. Elas se caracterizam pela sobriedade e servem para estreitar laços comunitários e fortalecer a fé. Conheça as festas muçulmanas...

Culto

A oração é a principal forma de culto no islã. Os muçulmanos oram cinco vezes ao dia, em horários anunciados pelo almuadem. Na sexta-feira à tarde, os muçulmanos vão à mesquita para uma cerimônia comunitária que inclui um sermão e orações especiais conduzidas por um imã. O Corão instrui os muçulmanos quanto à "maneira" de orar, de modo que a postura física é tão importante quanto as palavras. Nas preces rituais o fiel adota uma série de posturas (em pé, curvado ou prostrado, posição em que os dedos dos pés, os joelhos, as mãos e a testa têm de tocar o chão.

Conhecimento e Arte
Astrolábio Mouro - permite determinar a latitude e encontrar assim a direção de Meca.Os muçulmanos acreditam que Deus criou todas as coisas - portanto, descobrir o mundo é aprender sobre a criação. Com base nisso o islã sempre valorizou o conhecimento e a erudição. O mundo islâmico expandiu-se de maneira constante entre 600 e 1200, com as viagens dos mercadores muçulmanos pelo norte da África, Ásia e sul da Europa. A Espanha muçulmana tornou-se um centro vibrante de erudição e criatividade artística, que levou à difusão de descobertas científicas orientais e islâmicas na Europa da Idade Média.

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.