Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info


Hinduísmo
é o nome que foi dado no século XIX ao conjunto de religiões existentes na Índia. A palavra provém do persa hindu, em sânscrito, sindhu, que significa "rio", e refere-se às pessoas que viviam no vale do Indo.
Com uma tradição milenar, o hinduísmo é uma das mais antigas de todas as religiões. Os hindus mantêm muitas crenças distintas, mas todas são baseadas na idéia de que nossa vida na terra é parte de um ciclo eterno de nascimentos, mortes e renascimentos. Toda pessoa renasce - ou reencarna - cada vez que morre. Contudo, se levar uma vida voltada para o bem, uma pessoa pode por fim conseguir libertar-se desse ciclo.

OM sagrado, ou AUM, é o som mais sagrado para os hindus e é a semente de todos os mantras ou orações. O "3" representa a trindade dos deuses da criação, da preservação e da destruição; o "O" é o silêncio de alcançar Deus.


Filosofia de Vida

Muitos hindus são vegetarianos, por causa de sua crença na reencarnação e da convicção de que todos os seres vivos são parte do mesmo espírito. Eles acreditam que animais e seres humanos devem ser tratados com igual respeito e reverência. Levar uma vida pacífica, estudar os textos antigos do hinduísmo, rezar e meditar são os meios utilizados pelos hindus para atingir seu objetivo, que é finalmente poder se identificar com Brahman ou Deus.


Divindades e cultos

Há centenas de deuses e deusas hindus, porém dois deuses, Vishnu, o Protetor, e Shiva, O Destruidor, destacam-se como os mais populares, e há muitos templos dedicados só a eles. Além disso, muitos hindus têm um santuário em sua casa, onde podem executar atos diários de culto ao deus de sua escolha. Esses rituais de oração em casa, junto com um rico e variado calendário de festivais, formam a núcleo do culto para os hindus.

Shiva - conhecido como Destruidor, Shiva tira a vida para que possa ser recriada. Muitos contrastes se combinam em sua figura temível: ele é ao mesmo tempo aterrorizante e meigo. É fonte de criação e destruição, ativo mas ponderado, fértil porém casto.

Vaca Sagrada: Krishna -o oitavo avatar do deus Vishnu- é com freqüência retratado como vaqueiro. A vaca é um símbolo antigo da mãe terra e da fertilidade do solo. É sagrada no hinduísmo. Essa reverência pela vaca reflete o respeito hindu por todos os animais.

Escritos Sagrados

Os Quatro Vedas, os mais antigos textos literários sânscritos conhecidos do período bramânico, são hinos sacrificiais de uma antiga tradição oral. O Rig Veda, o mais velho deles, provavelmente remonta a 1200 a.C.; o quarto livro, o Atharva Veda, data de 900 a.C. e consiste principalmente em fórmulas e encantamentos. Os cultos devocionais apareceram, inspirados e também inspirando a grande literatura épica, como o Mahabharata (500 a.C.), um relato das guerras da casa de Bharata. Inclui uma seção chamada Bhagavard Gita, "a Canção do Senhor", poema famoso pelo diálogo entre Krishna, um dos avatares(forma humana) de Vishnu, e seu  auriga, Arjuna. É reverenciado por quase todos os hindus e é o cerne de sua fé.

O Ramayana

Este grande poema épico sânscrito, provavelmente escrito entre 200 a.C. e 200 d.C., consiste em 24 mil dísticos e conta a história do amor de Rama por Sitá, raptada pelo demônio Ravana e finalmente resgatada. Há 2.000 anos, poesia, teatro e rituais nos templos celebram esta história popular.
Uma cena do Ramayana

Mestres Famosos

Há uma longa tradição de mestres hindus que conduziram indivíduos ao moksha, libertação do ciclo de morte e renascimento, ou transmitiram seus ensinamentos para um comunidade mais ampla.

Shankara
O maior filósofo do hinduísmo, Shankara (788-820) insistia na autoridade dos textos sagrados e na identidade da alma com Brahman.

Ramakrishna
Sábio (1836-1886) que dizia que Deus está presente em todas as religiões; outras crenças são tão válidas como o hinduísmo.

Gandhi
Mohandas Gandhi (1869-1948) lutou durante toda a sua vida contra a opressão e a discriminação. Protestava contra o domínio britânico na Índia, mas sua crença no ahimsa levou-o a usar apenas métodos pacíficos de oposição. É reverenciado como um grande mestre.

Sociedade

As escrituras retratam a sociedade hindu como um todo harmonioso, onde todas as partes funcionam para o bem de todos. Cada uma das quatro varnas, ou classes sociais, desempenham a parte que lhe foi designada. Por exemplo, é dever da classe guerreira proteger o povo, uma atividade inapropriada para outras classes. Atualmente, as barreiras sociais estão caindo, e é possível pessoas de determinada classe executar tarefas normalmente realizadas por membros de outra. Veja os rituais hindus do nascimento à morte...

Festividades

As festas hindus, que são baseadas no calendário hindu e estão geralmente ligadas a mudanças de estação, desempenham um papel catártico na liberação das tensões da comunidade e suspendem temporariamente as distinções de classe e casta. As principais são Holi, Diwali e Dusserah, embora haja muitas festas locais. 

Holi - Originalmente uma cerimônia da fertilidade, celebra o ano-novo em março e o retorno da primavera. As pessoas acendem fogueiras para assar alimentos especiais e observam o fogo. Acredita-se que as terras que estiverem da direção das chamas serão as mais férteis. Durante a festa as barreiras sociais são ignoradas. Mulheres podem bater nos homens e membros de diferentes castas jogam tinta colorida uns nos outros.Veja o calendário das festividades...

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.